Plantão
O perdão de Deus

Deus pede de nós que vivamos o perdão

Publicado dia 04/09/2017 às 11h46min
O perdão, perdoar implica em decidir não fazer o mal, em não destruir

Muitas pessoas acreditam que não devem perdoar as pessoas, isto por que o ditado popular diz "a vingança é um prato que se come frio" - existe no contexto popular sempre este ou aquela "pisou na bola comigo é uma vez só" - sabe, Jesus nos ensina uma maneira de viver diferente, em que a lógica é o amor, perdoar nem sempre consiste em conviver com a pessoa que te faz sofrer ou que te causa certo prejuízo, moral, ou qualquer outro até fisico, mas consiste na deliberada intenção de não querer fazer mal à pessoa que nos causa certo prejuízo, ou um estar desarmado para a "guerra e a rivalidade" - Jesus nos ensina que na mesma medida em que medimos os outros seremos medidos e nos ensina também que, se não perdoamos aos outros, também não seremos perdoados por Deus, ora, todos precisamos do perdão de Deus e por isto também devemos perdoar, mas não significa que tenhamos de conviver com tais pessoas, percebendo que a convivencia é insuportável, devemos afastar-nos, principalmente em um mundo tão violento como o nosso, mas mesmo assim, não devemos desejar o mal de quem quer que seja, esse sentimento nocivo de mágoa e rancor, não deve inspirar nossas ações, estes sentimentos são altamente destrutivos, e nos causam até cancer, devemos pensar e sentir de forma equilibrada, sem nunca optar pelo caminho do ódio e da guerra entre pessoas, estados ou nações... que Jesus - Príncipe da paz e Maria - Rainha da paz, nos dêem paz completa para nunca permitir que a ira e o desamor nos cause algum dano ou prejuízo.

Fonte: Patrício Tavares

ÚLTIMAS Notícias

Oração Mariana

05 de outubro de 2017 às 13:08:43

Invocação

10 de setembro de 2017 às 09:48:21

Não aceite Imitações

09 de setembro de 2017 às 11:57:11

Top 3

App Para Android

02 de setembro de 2017 |   78

Deus pede de nós que vivamos o perdão

04 de setembro de 2017 |   71

Participe de Um Grupo de Oração

02 de setembro de 2017 |   64